A perda dos pais por causa da SIDA: consequências mais comuns para as crianças - UNICEF

As crianças e os adolescentes que perderam um ou ambos os pais devido à SIDA têm fortes probabilidades de serem confrontadas com problemas como:

·        Aumento da pobreza devido ao custo dos medicamentos e dos tratamentos, perda de um salário adulto, diminuição do cultivo das terras e da produção agrícola, custos de funeral e confiscação de bens.

·        Absentismo escolar ou abandono dos estudos devidos à impossibilidade de suportar os custos inerentes à escolaridade e à necessidade de cuidar dos pais ou de ganhar dinheiro.

·        Má nutrição em consequência de uma quebra no rendimento familiar, da diminuição das colheitas ou da produção de alimentos menos ricos sob o ponto de vista nutritivo.

·        Problemas psicológicos resultantes da perda de um dos pais ou de ambos, estigma social associado ao VIH/SIDA, da discriminação, da rejeição por parte dos seus pares.

·        Perda de um lugar para viver

·        Vulnerabilidade face às piores formas de trabalho infantil, nomeadamente trabalho doméstico, emprego em minas, ou exploração sexual para fins comerciais.

·        Agravamento do risco de maus-tratos, de exploração e, sobretudo para as raparigas, de abusos sexuais, que, por seu lado, aumentam o perigo de contaminação pelo VIH.


Para mais informação e obter imagens vídeo, é favor contactar:

Liza Barrie, Unicef Nova York, (+1 212)  326-7593 lbarrie@unicef.org

Marixie Mercado, Unicef Nova York, (+1 212) 326- 7133 mmercado@unicef.org

Madalena Grilo, Comité Português para a Unicef, 21 317 7500/11 press@unicef.pt

Carmen Serejo, Comité Port. Para a Unicef, 21 317 75 00/12        info@unicef.pt

26 November 2003